O FEITIÇO ENGOLIU O FEITICEIRO

“HIC RHODUS, HIC SALTA!”*

Carlos Novaes, 08 de setembro de 2021 – 23:59h

Diferentemente da PMilícia, que, tal como previsto, não deu a cara na efeméride do blefe golpista, transportadores bolsonaristas estão a se mostrar mais aguerridos e não entenderam o recado do chefe nos dois discursos de ontem. Parte deles levou a sério os blefes do besta e tenta parar as estradas do país nesta quarta-feira.

Em razão da desorientação em que se encontra, e diante da situação adversa que venho tentando analisar neste blog, uma vez desafiado pela estupidez dessa base fiel e radicalizada Bolsonaro não pode fazer outra coisa senão explicitar que SIM, esteve todo o tempo blefando. A desmoralização não poderia ser maior: o dia 8 chegou com tudo, e pôs Bolsonaro de cócoras! Eis a transcrição do áudio gravado por ele aos caminhoneiros:

Fala para os caminhoneiros aí que [eles] são nossos aliados, mas esses bloqueios aí atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dá um toque nos caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade.

Deixa com a gente em Brasília aqui agora. Não é fácil negociar, conversar por aqui com outras autoridades, não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui, vamos fazer a nossa parte aqui, tá ok?

Sempre foi blefe. Sempre foi campanha eleitoreira. De tal forma que ele agora tem de mendigar recuo dos que engambelou com seu estelionato ideológico, enquanto os abandona no meio da estrada. E o recuo é para deixá-lo atuar como chefe de facção no jogo das facções em Brasília, rendição que quem lê este blog constatou há muito tempo. Bolsonaro não procura pretextos para um golpe, ainda que delire por ele — ele está numa ratoeira armada por ele mesmo. Não tem como dar certo, pelo menos desde a resposta burra que deu à Covid-19.

Veja bem, leitor: o que sobra, agora, dos milhares de textos e análises publicados na mídia convencional sobre fantasiosos planos desse suposto gênio do mal para criar o caos e ter um pretexto para o golpe??!! Esse pessoal nunca entendeu o que se passa no país. Para entender, é necessário reconhecer a crise de legitimação do Estado de Direito Autoritário e, então, perseguir a desorientação geral que ela gera, pois essa crise permanece oculta às consciências, embora exerça toda a sua força sobre corações e mentes.

* – de Esopo, em O Fanfarrão; via Marx, em O 18 Brumário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *